Expedição pelo Alaska: Setembro de 2018

12 fevereiro 2019

ESCRITO POR: ADMIN

A expedição pelo Alaska foi o ponto de partida da segunda temporada de aurora boreal de 2018, e podemos dizer que foi um início de temporada muito abençoado e proveitoso.

Por que o Alaska?

Confesso que é meu destino preferido de aurora boreal por vários motivos, vários mesmo, tantos que nem cabe listá-los aqui, mas garanto que quando vocês visitarem o Alaska irão saber do que estou falando =)
Além de ser um destino com uma paisagem única e surreal, é um lugar que te faz se sentir acolhido, as pessoas são simpáticas, os ambientes são agradáveis e os cenários são de tirar o fôlego.

Enquanto conversava com os passageiros que viajaram com a gente, alguns comentaram o quanto seus colegas pareceram “perplexos” quando eles disseram que iriam viajar para o Alaska. –“Alaska? Mas fazer o quê no Alaska”? E depois que viram suas fotos nas redes sociais ficaram realmente espantados com toda a beleza que o Alaska tem para oferecer.

expedicao-pelo-alaska

Nossa expedição pelo Alaska

Nossa chegada em Anchorage foi tranquila e o dia estava lindo, ensolarado e quente. Pegamos ótimas temperaturas, para quem não gosta de muito frio esta é uma boa época para ver a aurora boreal no ártico. Acredito que a temperatura mais baixa que pegamos foi algo em torno de 5 graus positivos.

Após descansarmos da viagem, no dia seguinte encontramos nossos queridos motoristas que nos acompanham há alguns anos (Elliot e Craig) e partimos rumo a Talkeetna. Eles são nosso braço direito na expedição pelo Alaska e tê-los conosco é um privilégio.

Diria eu que a chegada em Talkeetna é um dos “highlights”da viagem. É um pequeno vilarejo em meio à floresta, pitoresco e clássico, lembrando algo estilo faroeste. As pessoas são muito simpáticas e acolhedoras. Caminhando pelas ruas, vamos nos encantando com as flores, as cores das árvores e as casinhas coloridas e típicas da região. Nesta noite já sairíamos para caçar aurora boreal e o Marco estava muito empolgado, pois as previsões de aurora eram boas para os próximos dias, não só de aurora, mas também de céu limpo.

Após um jantar delicioso (o famoso King Crab do Alaska!) – partimos para a primeira caçada oficial da temporada! Todos muito felizes e loucos para ver a linda aurora.

Aurora Boreal no Alaska

Não demorou muito, o Marco já avistou as luzes verdes começando seu espetáculo no horizonte. O pessoal já se animou e nesta noite saíram fotos lindas! A aurora ainda estava tímida e vimos apenas alguns arcos, mas era só o começo da nossa viagem e o Marco estava apostando na noite seguinte, cujas previsões eram perfeitas para um show no céu. Desta forma estávamos ansiosos pela próxima noite de expedição pelo Alaska.

expedicao-pelo-alaska
No dia seguinte sobrevoamos o Denali de avião (passeio incrível) e o Marco queria que o pessoal tivesse uma experiência única esta noite. Providenciou tudo o que precisaríamos para fazer um “churrasco”, encontrou o lugar perfeito e assim ficou tudo programado para ser uma linda experiência.

Mais tarde fomos para este lugar que foi perfeito, de frente à um lago e rodeado de floresta. Elliot e Craig prepararam a fogueira e logo mais começou o espetáculo da aurora! Foi um momento incrível, onde vimos a aurora dançar de todas as cores e formas. Aquele cenário de ver a aurora dançando e refletindo no lago a nossa frente foi o local mais perfeito que poderíamos ter ido aquela noite. E assim seguiram as horas na expedição pelo Alaska, com churrasco alaskiano, aurora boreal dançando para nós, risadas e ótima companhia. Que noite!

Na manhã seguinte estavam todos estarrecidos com o espetáculo da noite anterior. É engraçado como cada pessoa vivencia a aurora boreal a sua maneira. Algumas ficam quietinhas apenas contemplando, outras gritam e correm para lá e para cá. Outras choram, outras agradecem. Algumas veem muitas cores, outras veem menos cores e mais movimentos. A mesma aurora acaba sendo várias auroras, uma para cada um.

Por fim mais Auroras espetaculares

Tivemos muita sorte, muita sorte mesmo (e claro, experiência e muitos estudos envolvidos do Marco), pois nas próximas noites o céu estava fechado e teríamos mais dificuldade em ver a dama da noite. Desta forma, curtimos ao máximo nossos tours durante o dia. Fizemos várias coisas. Fizemos o famoso passeio de trem, em Healy visitamos o parque Denali e durante o passeio vimos alguns animais (o mais legal foi ver um urso caminhando na estrada a nossa frente!), curtimos nosso hotel na frente ao lago Otto (paisagem única), almoçamos numa pequena vila chamada Nenana (uma graça!) e seguimos ao norte rumo à Fairbanks. Lá novamente teríamos a chance de ver uma bela aurora, Marco seguia sempre monitorando os gráficos de atividade solar e das previsões do tempo. Ele sabia que a próxima noite seria mais uma noite daquelas.

expedicao-pelo-alaska
E de fato assim foi. Saímos para mais uma caçada e não demorou muito para começar o espetáculo da aurora. O legal é que o Marco já conhece muito bem o Alaska e sabe os “spots” perfeitos para visualizarmos a dama da noite sem que mais ninguém esteja lá, ou seja, ele encontra os lugares perfeitos para o grupo curtir a aurora. Esta noite foi assim, ele encontrou o lugar perfeito e o timing foi perfeito também, logo começou o espetáculo novamente, muita dança, cores e aurora para tudo que é lado. Conseguimos ver roxinho e rosa a olho nú! Foi incrível. Nestas horas não tem quem fique com sono ou frio =) a emoção é muito grande. Foram horas e horas de dança de aurora boreal no céu. As fotos do pessoal ficaram realmente impressionantes.

Para encurtar a história e a expedição pelo Alaska (o que é difícil pois dá vontade de contar tudo!) – conseguimos ver a aurora em outras noites também, o Marco pela experiência com a região e com a aurora sabe sempre onde nos levar para vê-la. Mas estas duas noites foram as mais especiais da viagem. Estávamos com saudades da linda aurora e foi uma grande emoção poder ver ela dançando da forma que vimos, principalmente por poder ver o pessoal que viaja com a gente tão emocionado e realizando um sonho. É uma experiência muito gratificante e engrandecedora, especialmente para o Marco.

Esperamos que esta temporada seja assim, repleta de auroras e de sonhos realizados.

 

Gostou do post? Continue acompanhando o blog para mais experiências como essa.

admin
asdfasfsdf

POSTS RELACIONADOS

Aurora Boreal

Expedição pela Lapônia: Outubro 2018

Mais uma expedição pela Lapônia concluída com sucesso. Não foi fácil ver e fotografar aurora boreal nesta viagem, mas o Marco Brotto conseguiu encontrá-la para nós! O Marco Brotto fica extrema
expedicao-pela-groenlandia
Aurora Boreal

Expedição pela Groenlândia: Outubro de 2018

Certamente esta expedição pela Groenlândia foi uma experiência única. Visualizar e fotografar a Aurora Boreal por lá não tem explicação. Confira.
Alaska

Aurora Boreal no Alasca: 5 motivos para embarcar comigo nesta expedição

Apreciar a Aurora Boreal no Alasca certamente é uma experiência jamais esquecida. A região tem cenários privilegiados, e paisagens de cair o queixo. Confira.
Aurora Boreal

Por que caçar a Aurora Boreal em Novembro? Saiba mais!

As caçadas à aurora boreal em novembro oferecem excelentes oportunidades de observação da dama da noite. Saiba mais sobre a aurora boreal em novembro.