Expedição Aurora Boreal Noruega, Finlândia, Suécia – 2012, Parte -2

ESCRITO POR: MARCO BROTTO

Aurora Boreal: Terceira Expedição – Viagem para Noruega, Finlândia, Suécia – O motorhome da Aurora Boreal.

Parte 2

A segunda parte da viagem pela península da Escandinávia foi repleta de surpresas positivas. Passamos a noite toda com uma linda Aurora Boreal nos acompanhando pela estrada, ela estava tão maravilhosa que resolvemos passar direto pelo camping e continuar em direção ao Norte.

auroraboreal.blog-323
auroraboreal.blog-492

auroraboreal.blog-381
19611_1632992810257801_7270670225743113554_n

A estrada E6, que vai de Oslo até o North Kapp, estava completamente congelada e era final de janeiro, inicio de fevereiro, dias curtos, noites longas, temperaturas abaixo dos -15Cº e muita vontade de ver mais auroras.

Tinha ainda muita dificuldade de realmente saber se teria auroras ou não, pensava que o site da NASA era o que determinava tudo e aquele emaranhado de riscos no gráfico era coisa de maluco… mas vamos em frente.

As estradas são muito diferentes do que estamos acostumados a encontrar em qualquer lugar do mundo, pontes com engenharia avançada, estradas sem acostamento e túneis com portões!! TÚNEIS COM PORTÕES? Sim, e automáticos. Você pára e aguarda a abertura deles. Motivo para muitas gargalhadas e teorias da conspiração, rsrsrsrs.

auroraboreal.blog-535
auroraboreal.blog-675

auroraboreal.blog-723
10985462_1632991873591228_2715437786148404732_n

Chegando em North Kapp, SOCORRO, o parque que da acesso ao penhasco estava fechado, um vento que balançava o motorhome e o esfomeado do Cezar já meio tonto de fome.

A região em que estávamos tem uma das menores densidades demográficas da Europa, consequentemente… nada fácil de encontrar pra comer. Cezar, o sem noção, queria que eu descobrisse um lugar para jantar no meio da noite, esse é o Cezar. E não é que o Fabio viu uma portinha? Um super restaurante, comida espetacular , que fica sempre aberto porque nele ficam os trabalhadores das plataformas de petróleo, é uma das bases que existem para eles em terra.

auroraboreal.blog-688

auroraboreal.blog-692

auroraboreal.blog-699

auroraboreal.blog-714

Comemos baleia e baleia. Carpaccio de baleia e um outro prato ensopado de baleia, mas o que mais gostei foi língua de bacalhau frita.

Por favor sem julgamentos, numa próxima oportunidade conversaremos sobre a pesca da baleias no Ártico!

auroraboreal.blog-781

Como nao poderíamos visitar o North Kapp e ventava muito resolvemos partir … e durante a noite com uma lua cheia maravilhosa encontramos uma das mais belas auroras, a foto dessa aurora com lua cheia é a preferida do meu amigo Salvador Nogueira , que escreve para a folha de São Paulo, uma oportunidade ele me disse ser uma das mais belas que já vi de auroras, um elogio assim ficará na memória.

auroraboreal.blog-1702
auroraboreal.blog-1047

Também vimos raposas e muitas renas… foi uma noite polar linda e mais tarde paramos o veiculo em algum lugar para dormir…

Clique aqui e saiba como termina essa aventura!!

Marco Brotto
Marco Brotto
Marco Brotto tornou-se conhecido como o caçador brasileiro de Aurora Boreal. Já viu centenas de spots de Aurora Boreal em vários locais do mundo, proporciona experiências incríveis para aqueles que o acompanham e possui um espetacular acervo de fotos de auroras.

POSTS RELACIONADOS

Alaska

Aurora Boreal Novembro no Alasca, Noruega e Islândia.

As características da aurora em novembro são tão dinâmicas, cheias de detalhes e com inúmero alternativas. Leia e saiba mais!
Aurora Boreal

Expedição Aurora Boreal na Lapônia – Março, 2018

A Lapônia, na Noruega e Finlândia, é um local especial, fantástico para caçar e ver Aurora Boreal. Tem uma cultura muito rica, paisagens esplêndidas e muita história.
Aurora Boreal

Expedição Aurora Boreal na Lapônia – Novembro, 2017

Nossa chegada em Tromsø - Noruega, foi acompanhada da presença da nossa amada aurora boreal do lado de fora do avião, ela estava grande, dançante, verdinha e espetacular.
Aurora Boreal

Expedição Aurora Boreal na Rússia – Janeiro, 2018

Nesta expedição passamos por vários lugares antes de chegar em nosso destino e visualizar a querida Aurora, não foi uma viagem fácil, temperatura chegava à quase -20 ºC.