Aurora Boreal no Natal e Ano Novo na Noruega – Fim de Ano, 2016

ESCRITO POR: MONICA VIANA

Fizemos uma viagem incrível em busca da Aurora boreal no Natal

Para descansar no final do ano, o Marco me convenceu a viajar para o Círculo Polar Ártico novamente. Ele já tinha feito essa viagem várias vezes, mas queria terminar o roteiro perfeito para uma viagem para crianças verem Aurora Boreal no Natal.

Nossa expedição para a Aurora Boreal no Natal começou no dia 23, com uma breve parada na Dinamarca. Chegamos mais precisamente em Copenhagen, e tivemos a oportunidade de passear pelo famoso parque de diversões Tivoli na sua versão Natal. Foi lindo! Já na chegada nos impressionamos com a exuberância da decoração e com o espírito festivo das pessoas e do lugar.

Estava tudo enfeitado, iluminado, músicas temáticas, comidas típicas, bebidas quentinhas, e no final um belo show de fogos de artifício pra fechar a noite. Clima mais natalino que este, nunca tinha visto na minha vida, fiquei encantada!

copenhagen-viagem-norruega
As praças de Copenhagen… ainda sem neve mesmo estando em dezembro.

Voamos de Copenhagen em direção à Noruega, nossa primeira parada foi em Trondheim. Nosso destino era Tromsø, mas como um dos objetivos desta viagem era fazer uma inspeção pela Noruega e selecionar novos pontos de interesse para futuros roteiros (além de coletarmos mais fotos e vídeos da Aurora Boreal), paramos em Trondheim para subir de carro em direção à Lapônia. Sabíamos que seria cansativo e que o caminho era longo (quase 1.500 KM), mas encaramos o desafio.

E foi um baita desafio!

Apesar de toda atenção e precauções que tomamos e de todo cuidado e experiência que o Marco já tem nas estradas congeladas do mundo todo, em alguns momentos foram tensos. Ele só dirige nas expedições sem turistas, é proibido para ele mesmo tendo passaporte europeu, dirigir vans com turistas. Para saber mais, tem outro post aqui no blog sobre segurança na neve.

aurora-boreal-no-natal-noruega
Estradas congeladas, neve na montanha e aurora boreal no Natal de 2016.

Além da neve, ventos fortes e a estrada que não favorece muito, também o trajeto era muito longo e cansativo, em alguns pontos a estrada era totalmente escura e ainda havia a possibilidade de nos depararmos com animais na pista (renas e alces), que são muitos nas florestas da região. Por todos estes motivos, não recomendo fazer esta viagem de carro!

Partimos de Trondheim com a missão de dirigirmos o dia todo em direção ao norte para pegarmos o Ferryboat em Bodø para Lofoten, às 2 da manhã. Foram mais ou menos 12 horas de viagem para chegar em Bodø. O tempo não estava a nosso favor e nevava muito, além do vento e do frio, que aumentava mais e mais conforme subíamos. Ah! Lembrando que nesta época, o sol aparece no ártico mais ou menos das 10 da manhã às duas da tarde. E olhe lá! Não chega nem ser “sol’, apenas um “clarinho” no horizonte. Depois, volta a escurecer de novo.

Lembro de um momento que acordei de um cochilo e quando olhei para a pista não conseguia enxergar nada! Muita neve ventando em nossa direção, a estrada muito escura e cheia de curvas. Medo? Não, meu “motorista” e caçador de auroras é demais.

Ok, primeira parte cumprida! Chegamos em Bodø no horário planejado.

Antes de seguimos para pegar o Ferry, o Marco conseguiu “flagrar” uma linda Aurora Boreal no Natal, fez um vídeo de alguns segundos dela. Foi sensacional por que o céu estava totalmente encoberto e de repente ele parou o carro, fez um giro e continuou na estrada. Pouco depois estacionou e disse , ela está chegando. Não deu outra…

Ela dançou um pouco e estava linda! Foi um bom sinal 🙂 Nossa primeira Aurora Boreal no Natal de 2016.

Pegamos o ferry em direção a Lofoten já sabendo que o tempo por lá não estava nada bom! Ventos de até 70 KM por hora, além de chuva e da escuridão. Decidimos ir pra lá mesmo assim, já que fazia parte do nosso roteiro, pelo menos pra checar se as condições climáticas eram aquilo mesmo que estava previsto, e caso a coisa estivesse feia, simplesmente seguiríamos viagem para o Norte.

De fato, o tempo estava péssimo! Descemos do ferry em meio a ventania e breu total. Já eram 8 horas da manhã e nenhuma alma viva na rua. Nenhum carro, nada. Tudo fechado. Foi estranho! Decidimos que se ficássemos por ali, não teríamos nada pra fazer. Como passear em um dia chuvoso, escuro e com ventos fortes naquela velocidade? Melhor seguir viagem. E foi o que fizemos! Foi uma boa escolha.

Passamos este dia todo na estrada. Sem um objetivo definido, fomos subindo e vendo até onde seria legal parar. Quer dizer, até onde o Marco quisesse dirigir! Eu não passei nem perto da direção. O descanso era fundamental neste dia. Com certeza iríamos parar para descansar em alguma cidade, mas decidiríamos isto no caminho.

Enquanto isso, seguíamos viagem em meio a lindas paisagens, neve, um friozinho gostoso, chocolates quentes e até aprendendo norueguês ouvindo as rádios locais 🙂

Lá pelo final da tarde estávamos chegando perto de uma cidade chamada Rundhaug e sabíamos de um hotel boutik bem aconchegante que tem lá.

hotel-viagem-na-noruega
As antiguidades decoram esse lindo hotel antigo na Noruega.

Marco me disse que pessoas dos grupos de viagem adoram esse local. Chegamos sem aviso prévio e quase não conseguimos nos hospedar! A dona não estava lá. Acontece que em alguns hotéis da Noruega, nesta época do ano (por não ser temporada) eles deixam as chaves do quarto no balcão e passam para o hóspede a senha da porta.E vão embora! Sorte a nossa que havia um senhor que nos ajudou e ligou para a dona, que veio nos receber. Este pit stop da viagem foi essencial para recuperamos nossas energias. Estávamos tão cansados que decidimos nem sair para caçar a Aurora Boreal. Tomamos um banho quentinho, dormimos e no dia seguinte seguimos viagem.

Ainda tínhamos uma noite sem hotel reservado antes da nossa chegada em Tromsø. Depois de estudarmos bastante as condições climáticas e como estaria o movimento da Aurora Boreal nos próximos dias, decidimos ir de Rundhaug para Kilpisjarvi, na Finlândia. Isto porque o tempo estava totalmente fechado na Noruega e lá não teríamos chance alguma de ver a Aurora Boreal. Malas feitas, seguimos viagem em direção a fronteira.

ceu-viagem-na-noruega
Céu limpando em frente ao lago e Kilpisjarvi.

Ficamos hospedados em um chalé bem confortável e que cumpriu com o que prometia, atmosfera rústica do Ártico.

Enquanto eu preparava o jantar, o Marco estava lá fora fazendo lindos vídeos da Aurora Boreal. Muita neve ao redor! A temperatura estava baixa, por volta de -18C. Mas dentro do chalé estava quentinho.

Até uma sauna a gente fez pra esquentar e dormir bem.

Agora a próxima parada era Tromsø.

Como iríamos ficar mais dias por lá, decidimos nos hospedar em um local que fica há mais ou menos 30 Km de Tromsø. De frente para o mar, era numa região bem bonita e bem silenciosa. Quando estávamos nos aproximando de Tromsø, o tempo que estava terrível já estava dando alguns sinais de melhora.

Ainda não estava 100%, mas pelo menos já não nevava e ventava tanto igual antes.

Neste dia, como chegamos no final da tarde, decidimos ficar ˜em casa˜, fizemos um jantar gostoso e fomos dormir, pois no dia seguinte teríamos um passeio para avistar as baleias logo cedo. Madrugamos e partirmos em direção a Tromsø. Eu queria muito ver as orcas e as jubartes , e o Marco me levou.

passeio-viagem-na-noruega

De fato conseguimos avistar as bichinhas em alto mar, depois de uma longa jornada em direção aos Fjordes do Norte. Tantos as orcas quanto as jubartes vão para esta região pois lá tem um peixinho que elas adoram comer, o arranque. Estas duas espécies não são muito “amigas”, mas dizem que ultimamente elas até têm se ajudado para emboscar os peixinhos. Foi bem legal vê-las nadando juntas, grupos de orcas e grupos de jubartes.

Todo mundo adorou e apesar do frio que fazia em alto mar, valeu muito a pena ver as baleias assim, na sua natureza.

O resto do dia passamos na cidade, nos encontramos com alguns amigos, passeamos e voltamos para o flat. No dia seguinte iríamos andar de snowmobile!

aurora-boreal-no-natal-tromso-boruega
Saímos cedo em direção à Tromsø novamente e nos encontramos com o resto do grupo para o snowmobile, que seria em uma região chamada Lyngen. Pegamos o Ferry e lá fomos nós. Tem toda uma preparação, vestir os macacões apropriados, explicar para todos como dirigir o snowmobile… depois de algum tempo estávamos todos prontos. Foi incrível! O caminho era rodeado por pinheiros e todo o branquinho da neve. Conseguimos aproveitar a luz do dia e fizemos bons quilômetros de ida e volta.

A estrela do passeio foi uma cachorrinha Border Colie chamada ˜Frea˜, que era de uma das guias do passeio, que foi junto com a gente. Fazia brincadeiras, rolava, corria trazer pedaços de gelo e tirava foto com a galera. A Frea definitivamente trouxe mais alegria para o nosso dia 🙂

Dia seguinte, 31 dezembro.

Nos arrumamos e infelizmente o tempo não estava cooperando neste dia 🙁 nevava muito! Chegamos na cidade e não havia quase ninguém na rua, de tanta neve, vento e frio.

Demos uma volta e seguimos em direção à Catedral do Ártico, pois haviam nos falado que lá seria um ponto legal para ver a queima dos fogos. Bem, digamos que apesar do vento e da neve, conseguimos subir até a Catedral e ver os fogos. Foi bem bonito, e havia bastante gente por lá. Fizemos alguns vídeos e quando os fogos terminaram, o Marco estudou os gráficos e viu que para tentar um avisamento das luzes do norte, teríamos que rodar muito.

Cogitamos ir em direção à Suécia onde o tempo estava mais aberto, mas seria uma longa viagem, e já era tarde… optamos por descansar e sair caçar no dia seguinte. Ainda tínhamos muitos dias pela frente e boas chances de Aurora Boreal!

Dia primeiro seguimos para a cidade tirando fotos e videos do caminho e apreciando a paisagem linda do ártico.

Chegamos em Tromsø, passeamos, comemos, andamos bastante… e no início da noite seguimos para caçar a Aurora Boreal , de uma maneira um pouco diferente da que o Marco faz; depois ele conta. Foi uma bela experiência.Na volta ao hotel o persistente do Marco parou no meio das montanhas e tirou fotos lindas de um vale que parece outro planeta, com aurora é claro .

Depois disso nos preparamos para seguir viagem em direção à Narvik no dia seguinte, onde encontraríamos um pequeno grupo de brasileiros que viriam para caçar a Aurora Boreal conosco. Nos apanhariam no seu próprio carro.

Iríamos encontrá-los e seguir em direção a Kilpisjarvi já caçando a Aurora Boreal no caminho!

viagem na noruega
A noite foi a mais incrível da viagem de Natal e Ano Novo na Noruega

Encontramos o pessoal e fomos subindo. Já no caminho tivemos alguns sinais da Aurora Boreal. Sabíamos que teríamos que encontrar um lugar escuro para poder vê-la melhor.

O Marco impressionou com sua expertise em Aurora Boreal. Paramos num lugar escuro e ele disse para nós “ela está vindo lá, vocês ainda não percebem mas eu sei que ela está lá”. Me pediu para pegar a câmera e regular com superexposição, e sim ela lá estava!

Queríamos ficar esperando mas ele disse que ali nós perderíamos ela (fiquei meio desconfiada) e foi aí que ele nos levou exatamente onde deveríamos estar!

Paramos em um lugar lindo, de frente para o mar, e visualizamos uma Aurora Boreal impressionante. Todos ficamos impressionados! Ela foi aumentando, aumentando… ficamos lá admirando sua beleza por um bom tempo.

O pessoal adorou. Digamos que nem o frio fez com que a gente deixasse de ficar lá fora para não perder o espetáculo. Todo mundo entrou “neve adentro” para conseguir fotografá-la mais próximo à água.

aurora boreal no natal na noruega
Vimos a Aurora Boreal na Noruega, com fjordes congelando.

aurora boreal na noruega natal tromso
Quando a nossa incrível Aurora Boreal de Natal se foi, seguimos em direção a Finlândia. Chegamos em Kilpis perto das 5 da manhã! Todo mundo cansado, fomos direto dormir.

No outro dia tomamos um café, o Marco comeu mais salmão selvagem defumado e enquanto alguns se arrumavam para seguir viagem, outros aproveitavam para rolar na neve lá fora. Neste dia pegamos -28C! Tudo que estava no carro congelou! As coca-colas, águas, chocolates, tudo. Muuuuuito frio.

Marco foi pro computador e disse que o tempo mudou e a atividade de aurora estava instável, portanto o melhor a fazer era voltar em direção à Noruega. Foi a melhor escolha.

Novamente a expertise do nosso caçador de Auroras Boreais Marco Brotto impressionou 🙂 Deixando-se guiar pela intuição e pelos escuros da aurora e do tempo que vamos fazendo pelo caminho, conseguimos achar uma região de céu aberto e bam! Lá estava ela, a dona Aurora Boreal. Foi definitivamente a Aurora Boreal de Natal mais linda de todos os tempos. Todos ficamos de boca aberta.

Simplesmente um show sem som, um movimento mais lindo que o outro, uma cor mais linda que a outra. Dançou e dançou, por pelo menos uma hora. Bem em cima de nós, com a lua linda brilhando ao lado, refletindo sua luz na água do mar, ao lado deste espetáculo de luzes verdes flamejantes.

As mãos doíam ao segurar as câmeras, o frio era intenso e chega um momento em que já não é possível sentir certas partes do corpo… mas valeu muito a pena. No dia seguinte, todos em Tromsø e no norte em geral estavam comentando sobre as luzes desta noite.

Foi realmente único. Que privilégio! Fico pensando que se eu ficasse parada no chalé esperando não iria ver tudo aquilo que nem as câmeras são capazes de mostrar. Mais um momento brilhante do caçador,
seguimos de carro por um bom tempo com a Aurora Boreal nos acompanhando ao lado e eu fazendo vídeos e mais vídeos. Retornamos à Narvik, nos despedimos dos novos caçadores de Aurora e eu e Marco seguimos para o sul.

super aurora boreal no natal noruega

Tínhamos que estar em Trondheim em dois dias! Era uma longa viagem. Neste primeiro dia, o Marco dirigiu por muitas horas. Haja energia! Fizemos metade do caminho, já com o tempo muito melhor do que no começo da nossa viagem. Apesar de muito frio (-15C), já não nevava tanto e muito menos ventava.

Mesmo assim a estrada tem seus cuidados e tínhamos que estar atentos! Fizemos um pit stop em uma cidade chamada “Mo I Rana”, bem acolhedora e modesta. Também beirando um fiorde, ficamos hospedados em um hotel simples, porém silencioso e com um café da manhã delicioso!

Nesta noite o Marco saiu caçar Aurora Boreal e encontrou muitas, lógico! As filmagens e fotos desta noite ficaram lindas. A Aurora Boreal de Natal estava forte e dançou muito! Estávamos exatamente na linha imaginária do círculo polar.

Estávamos chegando ao final da nossa expedição na Noruega. Mais um dia dirigindo em direção ao sul, admirando as incríveis paisagens do caminho. Aqui o sol já aparecia um pouco mais e estava lindo atrás das montanhas! Fomos direto para o aeroporto e o tempo passou rapidinho.

paisagens da noruega

Depois de algumas horas de voo estávamos na nossa amada Curitiba, que nos presenteou com nada menos que + 30C. Exatamente o oposto da temperatura que estávamos vivenciando nas duas semanas anteriores. É estranho pensar nisso, e ao mesmo tempo impressionante!

Viajar é realmente uma experiência rica em todos os elementos imagináveis. Cultura, natureza, tudo. Tudo muda, o tempo todo, e cada viagem é diferente da anterior, mesmo que para o mesmo lugar. Viajar sempre vai ser aquele tipo de coisa que só terá o que acrescentar. A Aurora Boreal na Noruega é um fenômeno rico, impressionante, que traz uma energia para a alma, uma luz, uma alegria, um êxtase.

Monica Viana
Monica Viana
Monica Viana, psicóloga, namorada, "mãe" de 3 gatos e viajante de carteirinha. Está no terceiro passaporte. Tem um pezinho no Oriente Médio mas se apaixonou pelo ártico nos últimos anos. Já morou em alguns países e fala algumas línguas. Prefere viajar mais de uma vez para um país que amou do que ir para um lugar que não conhece mas que não faz muita questão! Já caçou aurora em todos os países da Escandinávia e no Alaska. É a companheira de viagem e da vida de Marco Brotto, juntos, são o casal caçador de aurora boreal.

POSTS RELACIONADOS

Aurora Boreal

Quer ver Aurora Boreal? Marco Brotto dá dicas de época, lugares e mais sobre a viagem.

Para ver a Aurora Boreal dançando no céu é preciso muito mais que sorte! Para garantir a experiência, é necessário estar com quem sabe como caçar as luzes, sempre com segurança e conforto.
Alaska

Expedição Aurora Boreal no Alaska – Carnaval, 2017

Esta expedição para caçar Aurora Boreal foi diferente, por vários motivos! Minha primeira viagem com Marco Brotto ao Alaska para ver Aurora Boreal foi fascinante e inesquecível.
Aurora Boreal

Aurora Boreal no Bom dia Brasil com Marco Brotto

Marco Brotto caça Aurora Boreal junto com Bom dia Brasil Em março de 2017 fomos a Noruega gravar a matéria, para a rede Globo. A equipe de reportagem do Bom dia Brasil fez uma linda matéria sobre
Aurora Boreal

Aurora Boreal na Lapônia | O momento de se curvar às forças da natureza

Essa caçada à Aurora Boreal na Lapônia foi movida por decisões certas. A Expedição de Marco Brotto na da Lapônia rendeu ótimas Auroras Boreais!